Dra. Franciane Coelho

A IMPORTÂNCIA DA PRIMEIRA CONSULTA ODONTOLÓGICA

Para uma vida plena e saudável, os cuidados com a saúde devem começar logo na infância ou, ainda, nos primeiros anos de vida da criança. Nesses cuidados está incluso a saúde bucal.

Atualmente a primeira visita ao dentista reserva muitas boas surpresas e novidades que normalmente encantam os pequenos pacientes.

É dividida em diferentes momentos, que irá variar de acordo com a formação do profissional, a necessidade e a idade do paciente.

Na primeira visita ao dentista, após perguntas sobre a saúde geral da criança, tem-se uma conversa com os responsáveis, para que se conheça o risco que a criança tem de desenvolver problemas bucais (doença cárie, problemas gengivais), e também se conheça o pequeno paciente (seus hábitos alimentares, rotina de higiene, etc).

É feita na primeira consulta à apresentação do consultório odontológico da forma mais acolhedora possível, visando estimular a curiosidade da criança, sempre com explicações coerentes à sua faixa etária.

O próximo passo é o exame da criança, uma inspeção visual onde se registra a situação atual de desenvolvimento da boquinha e procura-se qualquer anormalidade em dentes e gengivas e nas funções relacionadas à face, como sucção, respiração, deglutição, mastigação, fala, etc.

Na primeira consulta pode-se também fazer uma profilaxia. Para a limpeza profissional, poderá ser colocado um corante, chamado “evidenciador”, que colore apenas a placa bacteriana, para que os pais possam visualizar se a escovação feita em casa está sendo efetiva, e para que se possa orientá-los a contornar as dificuldades e corrigir as eventuais falhas. A limpeza dos dentinhos poderá ser feita com a escovinha giratória ou com escova de dente e o fio dental, e também poderá ser feita a aplicação de flúor.

Numa consulta de rotina, nenhum procedimento “dói”, e os pais devem estar conscientes disto para saber como se posicionar frente aos eventuais “chorinhos”, típicos nas crianças de pouca idade. Com o amadurecimento da criança e a repetição destes passos, ela se acostuma e acaba se formando um vínculo afetivo e de confiança, que diferencia esta geração das anteriores, por terem o dentista como um amigo. As crianças a partir de 2 anos e meio (dependendo da maturidade) já se sentam na cadeira odontológica e, entre historinhas e diversão, permitem que se execute os procedimentos necessários.

Através de variados recursos como livros, bonecos, vídeos, manuais, enfim, tudo o que despertar a atenção da criança, aproveita-se este momento também para ensinar ao pequeno paciente noções sobre os cuidados com sua boquinha. Lembrando, tudo o que foi abordado poderá variar a cada paciente.

DICA: A primeira consulta ao dentista deveria ser sempre preventiva!

Quanto antes à criança fizer a primeira consulta, mais facilmente irá incorporar hábitos saudáveis em seu dia a dia, prevenindo a instalação dos males bucais.

O acompanhamento profissional é importante para que a dentição se desenvolva de forma saudável, já que o diagnóstico precoce de qualquer anomalia poderá favorecer o tratamento.

Se possível, não deixe que a primeira consulta ao dentista se dê em um momento de dor e emergência. É comum os pais “deixarem para depois” a primeira visita ao dentista, que é quando a criança constrói suas primeiras impressões, e serem pegos de surpresa com imprevistos como quedas, por exemplo.

Antes da primeira consulta ao dentista apenas avise que a criança irá conhecer um amigo que ajudará a cuidar de seus dentes. Deixe o resto por conta do profissional, que certamente saberá lidar com a curiosidade e os medos (se houverem) da criança.

Lembrando sempre que a saúde deve ser priorizada e a prevenção valorizada!!

ODONTOLOGIA FRANCIANE COELHO
(41) 4101- 1855

Referências:
FERNANDES, Daniela S. Casarin et al. Motivo do atendimento odontológico na primeira infância. Stomatos [online]. 2010, vol.16, n.30 [citado 2017-04-04], pp. 04-10 . Disponível em: <http://revodonto.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-44422010000100002&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1519-4442.

Share:

Deixe uma resposta

Color Skin

Nav Mode