Dra. Franciane Coelho

Qual a idade certa para a colocação de aparelho ortodôntico em crianças?

Não existe uma idade correta para o uso de aparelho ortodôntico. É necessária uma avaliação criteriosa de cada paciente, pois há muitos fatores que podem determinar a necessidade de um tratamento ortodôntico.
O aconselhável é, desde o surgimento dos primeiros dentes de leite da criança, fazer um acompanhamento do desenvolvimento das estruturas bucais (dentes, ossos, músculos) com um profissional de confiança. Assim, é possível identificar precocemente a instalação de uma má oclusão, e intervir na hora certa, aumentando as chances de sucesso do tratamento ortodôntico.
Quanto antes for detectado o problema, melhor será o prognóstico. Um fator importante para se iniciar o tratamento o quanto antes é que na fase de crescimento toda a estrutura dental está em desenvolvimento e os dentes estão sendo guiados para a posição pelos lábios, bochechas e língua. Qualquer alteração de funcionamento correto destes músculos, junto com o hábito de respiração bucal que na maior parte das vezes está relacionado, poderá causar um mau desenvolvimento esquelético da criança. Mais do que isso, este mau desenvolvimento esquelético reflete-se na aparência física da criança, tanto na face e dentes quanto na postura.
Com o uso de aparelhos ortopédicos pode-se estimular esses dentes, mandíbula e maxila a melhorar sua posição. Este tratamento é focado na prevenção, no treinamento não-invasivo da musculatura oral e na eliminação dos maus hábitos orais. Isso se deve à maior plasticidade óssea das crianças e seu organismo está mais propenso a reagir positivamente aos tratamentos. O uso de aparelhos removíveis, por exemplo, traz grande vantagem em idades mais tenras, pois os resultados são positivamente superiores, o tratamento tem menor duração e ocorrem menores reincidências do problema futuramente.
Existem alguns sinais de que a criança precisa de tratamento ortodôntico:
– Alterações no posicionamento dos dentes (tortos);
– Falta de espaço (apinhamento);
– Mordida aberta provocada por hábitos (chupeta, dedos);
– Mordida cruzada;
– Mordida profunda (dentes superiores cobrem totalmente os inferiores);
– Respiração bucal.
O Cirurgião Dentista, especialista em Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares é o profissional preparado para atuar nesses casos. Cuidando do desenvolvimento facial e dental de crianças em crescimento, corrigindo maus hábitos orais como respiração pela boca e posicionamento incorreto da língua, que, de acordo com as pesquisas científicas, são as principais causas de um desenvolvimento facial incorreto e dentes desalinhados.

 

ODONTOLOGIA FRANCIANE COELHO

Referência:
Almeida, R. R; Garib, D. G; Henriques, J. F. C; Almeida, M. R; Almeida, R. R. Preventive and interceptive orthodontic treatment: myth or reality. Rev. Dent. Press Ortodontia e Ortopedia Maxilar; 4 (6): 87-108, nov-dez. 1999.

Share:

Deixe uma resposta

Color Skin

Nav Mode