Dra. Franciane Coelho

ATENDIMENTO LÚDICO PARA CRIANÇAS: REFORÇO POSITIVO

Uma técnica muito utilizada na Odontopediatria é o reforço positivo, que visa promover a colaboração e a redução da ansiedade das crianças por meio de elogios e pequenas recompensas. A criança é recompensada pelo bom comportamento ou ajuda durante o atendimento.

O Odontopediatra, nos últimos anos, se reinventou e passou a ser parceiro da criança, trazendo para dentro do consultório a humanização, a educação, o acolhimento e a preocupação com a qualidade de vida, nunca se esquecendo da prática clínica baseada em evidências científicas.
Nesse novo conceito a criança não é mais vista como um “mini-adulto” e sim como um ser em crescimento e desenvolvimento. Lembrando que cada fase da infância é diferente, e lidar diferentemente com essas fases é de fundamental importância para que haja o estabelecimento da relação de confiança (dentista – criança).
Nesse contexto de brincadeiras, jogos, desenhos e outras atividades lúdicas a criança pode expor suas dúvidas e receios de maneira natural. O brincar dá aos pequenos a oportunidade de se expressar através de uma linguagem que eles dominam. A simulação do atendimento usando brinquedos é importante, pois promove uma familiarização e facilita a aprendizagem e o enfrentamento de medos e ansiedades. Assim o espaço de brincar no consultório odontopediátrico é fundamental. O divertimento traz novas sensações, sendo um reforço positivo do aprendizado. Além disso, a aproximação do dentista ao mundo da criança transforma a consulta odontológica numa grande brincadeira.
A Psicologia nos mostra que o ambiente tem grande impacto no desenvolvimento humano. Por isso, os consultórios odontopediátricos devem ser recheados de personagens e figuras do mundo infantil, o que deixa a relação entre a criança e seu dentista muito mais fácil. Sem dúvida o ambiente odontológico diz quem é o dentista e sua equipe e mostra as possibilidades de relacionamento entre seus pequenos pacientes e acompanhantes. Fornecer um ambiente planejado e enriquecido de elementos do dia-a-dia da criança faz com que ela enfrente mais facilmente as situações adversas. Um ponto importante que torna o ambiente mais amigável é a troca da roupa branca por roupas coloridas.
Todas essas condutas somadas, feitas com muito estudo e muita dedicação são a convicção de um início de vida odontológica agradável e de sucesso. Afinal de contas, ir ao dentista pode ser uma experiência agradável e divertida.

 

Lembrando sempre que a saúde deve ser priorizada! E a prevenção valorizada!

ODONTOLOGIA FRANCIANE COELHO
4101 1855

 

 

Referências:
Albuquerque CM, Gouvêa CVD, Moraes RCM, Barros RN, Couto CF. Principais técnicas de controle de comportamento em Odontopediatria. Arq Odont. 2010;45(2):110-5.
ANDRADE, Daniel Soares Paes De et al. Percepção infantil através de desenhos e caracterização verbal sobre o cirurgião-dentista. Arquivos em Odontologia. 2013;49(4):184-190.
Barreto RA, Barreto MAC, Corrêa MSNP. Psicanálise e odontopediatria: ofício da comunicação. Estudos de Psicanálise. 2015; 44:83-89.
FERREIRA, Jainara Maria Soares; ARAGÃO, Ana Karla Ramalho; COLARES, Viviane. Techniques for Controlling the Behavior of Pediatric Patients – Review of Literature. Pesq Bras Odontoped Clin Integr, João Pessoa, 9(2):247-251, maio/ago. 2009

Share:

Deixe uma resposta

Color Skin

Nav Mode