Dra. Franciane Coelho

A IMPORTÂNCIA DOS PRIMEIROS MIL DIAS DE NOSSAS VIDAS

Os primeiros 1000 dias de vida se referem ao período que vai do primeiro dia de gestação até os dois anos de idade do bebê. São os dias mais importantes da vida do seu filho, afinal é nesta fase em que as células estão sendo formadas e programadas e o que acontece nestes dias é o que vai influenciar o resto da vida. O crescimento e desenvolvimento durante este período são maiores do que durante toda a vida.

Não haverá uma fase mais importante do que essa na vida do seu filho. Ao menos no que diz respeito à seu desenvolvimento físico e mental. Antes invisíveis, as duas células que formaram o embrião vão se multiplicar, até chegar a cerca de 13 quilos, aos mil dias de existência. E esse período não concentra apenas o maior estirão de crescimento do ser humano. São os anos fundamentais para a prevenção de problemas de saúde, para o desenvolvimento dos sistemas nervoso e imunológico e até para garantir que ele tenha uma boa alimentação quando se tornar adulto. Esse período é tão importante que pode ser comparado à construção da fundação de uma casa e será sobre esta fundação que toda a casa será construída.

Sabe-se, por exemplo, que aquilo que a mulher come durante os nove meses de gestação ajuda a determinar o paladar e o olfato do bebê. Já fora do útero, os primeiros dois anos são os mais significativos para o desenvolvimento do cérebro. O bebê nasce com o cérebro desenvolvido na área sensorial (olfato, tato e audição), mas nesse período passa pelas maiores modificações cognitivas, adquire as habilidades motoras mais amplas (como o andar) e mais finas (como conseguir pegar pequenos objetos). Quanto mais estímulo à criança tiver, maior será o número de ligações entre os neurônios, aumentando a capacidade de aprendizado e levando o cérebro a fazer novas conexões. Esse mesmo conceito vale para o desenvolvimento de outras áreas consideradas importantes para a saúde da criança nos dois primeiros anos, como a alimentação e o sistema imunológico.

Assim, os pais têm uma oportunidade rara de influenciar o desenvolvimento dos filhos e de ajudá-los a se tornarem adultos mais saudáveis. Mas é preciso estar atento e agir. Em princípio, a possibilidade de, fazer uma criança que nasce com boa saúde crescer desse modo e assim permanecer por décadas exige a adoção de medidas aparentemente simples: oferecer proteção e aconchego ao bebê e alimentá-lo adequadamente.

Procure ficar 100% presente quando estiver com seu filho, sem celular na mão, sem pensar nos seus problemas, sem preocupações sobre qual a melhor forma de brincar e estimular, seja espontâneo e apenas brinque! Esteja presente e atento ao momento que vocês vivem juntos, apenas acompanhando o bebê e deixando que ele explore o mundo a sua volta. Resista à vontade de querer ajudar o seu bebê em tudo, deixe que ele enfrente os pequenos obstáculos de cada fase do seu crescimento e assim permita que ele desenvolva autonomia e confiança.

A vida é cheia de escolhas!!

Escolha cuidar de seu filho, oferecer uma alimentação saudável, estar presente, dar afeto e atenção, descobrir o mundo junto, brincar junto, respeitar o tempo dele, sorrir com ele. Desta forma seu filho se sentirá seguro e continuará crescendo com todo seu potencial!

Lembrando sempre que a saúde deve ser priorizada! E a prevenção valorizada!

 

 

ODONTOLOGIA FRANCIANE COELHO
4101 1855/ 99584 0059

 

 

 

REFERÊNCIAS:
Antonio Jose Ledo Alves da Cunha, Álvaro Jorge Madeiro Leite, Isabela Saraiva de Almeida. Atuação do pediatra nos primeiros mil dias da criança: a busca pela nutrição e desenvolvimento saudáveis.J. Pediatr. (Rio J.) [online]. 2015, vol.91, n.6, suppl.1, pp.S44-S51. ISSN 0021-7557. http://dx.doi.org/10.1016/j.jped.2015.07.002.

Share:

Deixe uma resposta

Color Skin

Nav Mode